Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação de Marechal Cândido Rondon e Região - SINTRINAL

SALÁRIOS

SALÁRIOS POR CATEGORIAS

 

CONFEITARIA E PANIFICAÇÃO 2017/2018

 

Para os contratados a partir de 1º de maio de 2017, fica estabelecidos os seguintes salários normativos:

A) Piso da categoria para atendente, zeladora, office-boy, balconista e auxiliar de produção:

A1) O salário INICIAL será de R$ 1170,40, no período de experiência, que poderá ser de até 90 dias;

A2) O salário EFETIVO, após o período de experiência, será de R$ 1222,58.

 

B) Piso da categoria para Caixa/operador de caixa:

B1) O salário INICIAL será de R$ 1222,58 no período de experiência, que poderá ser de até 60 dias;

B2) O salário EFETIVO, após o período de experiência será de R$ 1280,40.

 

C) Piso da categoria para padeiro, Confeiteiro(a) e Salgadeiro(a):

C1) O salário INICIAL será de R$ 1522,40, no período de experiência, que poderá ser de até 90 dias;

C2) O salário EFETIVO, após o período de experiência será de R$ 1590,60.

 

AUXILIO ALIMENTAÇÃO

  • Fica estabelecida que a partir de 01.05.2016 as empresas concederão auxilio alimentação no valor de R$ 175,00 (CENTO E SETENTA E CINCO REAIS) mensais, que será fornecido na modalidade de cartão ou ticket alimentação, ficando a critério do trabalhador em optar entre as duas formas fornecidas.
  • O presente benefício não é considerado como salário IN NATURA e não se incorpora à remuneração para nenhum efeito.

 

REAJUSTE SALÁRIAL:

  • PARA OS DEMAIS EMPREGADOS REAJUSTE DE 5% (CINCO POR CENTO)

 

ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO:

  • 1% (um por cento) para 12 meses
  • 2% (dois por cento) para 24 meses
  • 3% (três por cento) para 36 meses
  • 5% (cinco por cento) para 60 meses

DEMAIS CLÁUSULAS CONSULTAR CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2017/2018.


 

 

TORREFAÇÃO E MOAGEM DO CAFÉ 2017/2018

 

  • Piso de efetivação: R$ 1.315,60(mil trezentos e quinze reais e sessenta centavos) mensais
  • Ajuda Alimentação:  R$145,00 (cento e quarenta e cinco reais)
  • Reajuste geral linear:  5% (cinco por cento)
  • ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO: Consultar Convênção 
  • FORNECIMENTO DE CAFÉ: 1 Quilograma ao mês

  DEMAIS CLÁUSULAS CONSULTAR CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2017/2018.


 

 

Indústrias de Massas Alimentícias e Biscoitos - 2017/2018.

  • Piso Admissional em 01/05/2017 R$1.210,00. (Mil duzentos e dez reais) mensais.

  • Piso de Efetivação a partir de 01/05/2017 R$1.366,00 (Mil trezentos e sessenta e seis reais) mensais.

  • Ajuda alimentação no  valor mínimo de  R$ 170,00 (cento e setenta reais).

  •  Reajustados aos demais de 4,75% (quatro vírgula setenta e cinco por cento).
  • Abrangem as indústrias de cacau e balas (confeitos, bombons, chocolate em barras, tabletes, em pó, chocolate amargo para uso industrial, conexos e similares), massas alimentícias e biscoitos (massas de talharim, ravioli, capeleti, espagueti, massas de pastéis, massas para pizza, casquinhas para sorvete, massa preparada para bolos, similares e conexos), doces e conservas alimentícias (fabricação de doces em massa, pasta ou calda, conservas de hortaliças, azeitonas, palmito, frutas secas ou cristalizadas, goma de mascar, geléias, similares e conexos.

 


INDÚSTRIAS, FÉCULAS, SORVETES E CONGELADOS (Alimentação em Geral) 2016/2017

A partir de 1º de setembro de 2016:

  • SALÁRIO NORMATIVO: R$ 1.313.40 (Mil, trezentos e treze reais e quarenta centavos), mensais.

  • Reajuste Geral: 9,62% (nove vírgula sessenta e dois por cento), a partir de 1º de setembro/2016
  • Auxilio Alimentação: R$ 165,00 (cento e sessenta e cinco reais) mensais; que poderá ser fornecida por meio das seguintes modalidades:

    a) tíquetes (vale cesta-alimentação ou cartão magnético);

    b) cesta básica.

ABRANGEM AS INDÚSTRIAS:

  • De refinação de sal, (sal preparado com alho, pimenta, similares, conexos e afins), indústrias de imunização e tratamento de frutas, indústria alimentar de congelados, supercongelados, sorvetes, concentrados e liofilizados, indústria de aveia e derivados, indústria de cevada e derivados, indústria do açúcar (refinação e moagem), indústria da pesca, (peixes enlatados, em salmoura, congelados, defumados, secos, ovas de peixe, carne de siri, lagostas, farinha de ostras, similares conexos e afins), produtos alimentares diversos, tais como merenda escolar, dietéticos, adoçantes, leveduras, coalhos, fabricação de vinagre, amendoim e castanha de caju torrados e salgados, pós-alimentícios, pudins, gelatinas, refrescos, industrialização do chá, baunilha, colorau, mostarda, páprica, maionese, ovo em pó, gérmen de cereais, coco ralado, fécula de batata, enzimas para indústrias alimentares, sucos e concentrados de frutas, produtos similares, conexos e afins, beneficiamento e empacotamento de produtos alimentícios, Indústrias de beneficiamento de arroz, (farinha de arroz, quirera, semolina, farelo de palha de arroz, similares e afins) indústria do milho (farinha de milho, canjica, quirera, flocos preparados de milho, pipoca, amido e fécula de milho), indústria de soja excetuada a de óleo (farinha de soja, farelo, produtos alimentares preparados industrialmente a base de soja, similares e afins), beneficiamento e rebeneficiamento de café (café despolpado, café verde descafeinado, seleção e catação de grãos) atividades similares e afins, beneficiamento e empacotamento de produtos alimentícios. Indústrias de Mandioca: farinha, polvilho, fécula, amido, raspas de mandioca, sagu, conexos ou similares e afins

 

 

LATICINIOS E DERIVADOS 2016/2017

A partide de 01 de novembro de 2016:

SALÁRIO NORMATIVO

  • R$ 1.218,80 (Mil, duzentos e dezoito reais e oitenta centavos) mensais.
  • Reajuste Salárial de 8,5% (oito vírgula cinco por cento).

Auxilio Alimentação

  • As empresas concederão, a partir de 1º de novembro de 2016 para os empregados que percebem até cinco salários mínimos (referência o nacional), uma ajuda alimentação, no valor mínimo de R$ 195,00 (Cento e noventa e cinco reais).

 

 

ALIMENTAÇÃO ANIMAL 2015/2016

  • Para os trabalhadores abrangidos pela presente convenção, fica assegurado, a partir de 01 de setembro/2015, o salário normativo de R$ 1.247,35 (Um mil, duzentos e quarenta e sete reais e trinta e cinco centavos) mensais.

RECOMPOSIÇÃO SALARIAL E AUMENTO REAL

  • Será aplicado em 01/09/2015, o percentual de 9,88% (nove inteiros e oitenta e oito centésimos por cento) para os trabalhadores que percebem salários até R$ 6.408,20 (seis mil, quatrocentos e oito reais e vinte centavos). Aos trabalhadores com salários superiores a R$ 6.408,20 (seis mil, quatrocentos e oito reais e vinte centavos), receberão reajuste salarial em valor fixo de R$ 633,13 (seiscentos e trinte e três reais e treze centavos).

Auxilio Alimentação

  • As empresas concederão mensalmente aos seus empregados uma ajuda alimentação no valor mínimo de R$150,00 (cento e cinquenta reais),

Programa de PLR (Participação nos Lucros e Resultados)

  • As empresas desenvolverão através de acordo com a entidade sindical operária, um programa de PLR que atenda o disposto no contido na Lei 10.101/2000, que trata sobre a participação nos lucros e resultados.
  • As empresas que adotem como ano fiscal o ano civil deverão apresentar o programa ate 31 de janeiro de cada ano. Já as empresas que o ano fiscal inicie em junho com encerramento em maio, deverão apresentar o Programa até 30 de junho de cada ano.
  • Caso não façam, pagarão multa no valor equivalente a 100% (cem por cento) do piso normativo, sendo que:

a) as empresas que adotem como ano fiscal o ano civil, pagarão a multa junto com o salário do mês de competência de fevereiro;
b) as empresas que o ano fiscal inicie em junho com encerramento em maio, pagarão a multa junto com o salário do mês de competência de julho.


 

 

TRIGO E DERIVADO 2016/2017

SALÁRIO NORMATIVO
A partir de 01 de Novembro de 2016, os salários normativos a seguir especificados: Salário normativo de ingresso: R$ 1.226,05 (um mil duzentos e vinte e seis reais e cinco centavos);

Salário normativo de efetivação após 60 (sessenta) dias de R$ 1.340,00 (um mil trezentos e quarenta reais).

REAJUSTE
Os salários dos empregados abrangidos por esta Convenção vigentes em 01.11.2015 serão reajustados em 01.11.2016 pelo percentual e parcela fixa únicos totais e negociados a seguir especificados, correspondentes ao período de
01.11.2015 a 31.10.2016, obedecidos os seguintes critérios:
a) Os salários de até R$ 8.379,56 (Oito mil trezentos e setenta e nove reais e cinquenta e seis centavos) serão corrigidos pelo percentual de 8,5 % (oito inteiros e cinco centésimos por cento);
b) Aos salários superiores a R$ 8.379,57 (Oito mil trezentos e setenta e nove reais e cinquenta e sete centavos) será acrescida a parcela fixa e única de R$ 712,26 (setecentos e doze reais e vinte e seis centavos).

* AUXILIO ALIMENTAÇÃO - No valor de R$ 200,00 (duzentos reais).


 

 

CARNE E DERIVADOS 2017/2018

Garantia de salário normativo de ingresso para a categoria profissional, a partir de 01 de novembro de 2017, pelo qual nenhum trabalhador poderá perceber:

  •  O salário normativo de ingresso  na importância mensal de R$ 1.280,40 (Um mil e duzentos e oitenta reais e quarenta centavos);

  • Após sessenta (60) dias  o salário normativo de efetivação será de R$1.300,20 (Um mil e trezentos reais e vinte centavos) mensais.

  • Reajuste salarial no percentual de 3% (três por cento) que incidirá sobre os salários vigentes em março/2017, já devidamente corrigido pela convenção coletiva 2016/2017.

Auxilio Alimentação

  • Cesta básica, cartão ou vale alimentação, no valor de R$240,00 (duzentos e quarenta reais) mensais.


 

 

AZEITE E ÓLEOS ALIMENTÍCIOS 2017/2018

Ficam assegurados aos trabalhadores abrangidos pela presente Convenção Coletiva de Trabalho, a partir de 01 de junho de 2017, os salários normativos a seguir especificados:

a) Salário normativo de ingresso: R$1.271,60 (Um mil, duzentos e setenta e um reais e sessenta centavos), mensais;
b) O Salário normativo de efetivação: R$ 1.399,20 (Um mil, trezentos e noventa e nove reais e vinte centavos) para os trabalhadores que estão na empresa há 90 (noventa) ou mais dias e os admitidos após 01 de junho de 2017, desde que vencidos 90 (noventa) dias de emprego.

REAJUSTE SALARIAL:

Os salários dos empregados abrangidos por esta Convenção vigentes em 01 de junho de 2017, serão reajustados conforme a seguir especificados, obedecidos os seguintes critérios:
a) Os salários até R$ 5.500,00 (cinco mil e quinhentos reais) serão corrigidos pelo percentual de 3,35% (três vírgula trinta e cinco por cento).
b) Os salários iguais e superiores a R$ 5.500,01 (cinco mil e quinhentos reais e um centavo) serão acrescidos da importância fixa de R$ 184,25 (Cento e Oitenta e Quatro Reais e Vinte e Cinco Centavos).

Auxilio Alimentação

A partir de 01 de junho de 2017, as empresas concederão uma cesta básica ou ticket/vale alimentação mensal na importância de R$165,00 (Cento e sessenta e cinco reais) para salário até R$5.500,00 (cinco mil e quinhentos reais).


 

 

BEBIDAS 2016/2017

 

PISO DE INGRESSO: R$1.179,03 (Mil, cento e setenta e nove reais e três centavos),mensais.

PISO DE EFETIVAÇÃO: R$1.291,40 (Mil, duzentos e noventa e um reais e quarenta centavos), mensais.

REAJUSTE SALARIAL COM PERCENTUAL DE 9,15% (Nove vírgula quinze por cento), ATÉ R$ 5.000,00 E ACIMA UM VALOR FIXO R$ 549,00 (Quinhentos e quarenta e nove reais).

AJUDA ALIMENTAÇÃO
As empresas concederão Ajuda Alimentação aos seus empregados, no valor mínimo mensal de R$ 220,00(Duzentos e Vinte Reais).

 


MATE 2017/2018

SALÁRIO NORMATIVO
Fica assegurado para os trabalhadores abrangidos pela presente convenção coletiva de trabalho, a partir de 01 de maio de 2017, os seguintes salários:
a) Salário Normativo de Ingresso: R$1.130,00 (Um mil , cento e trinta reais), mensais;
b) Salário Normativo de Efetivação: Para os trabalhadores que estejam na empresa há noventa ou mais dias,
será garantido o salário normativo de efetivação de R$1.260,00 (Um mil, duzentos e sessenta reais), mensais.

REAJUSTE SALARIAL
Os salários acima dos pisos salariais a partir do mês de maio/2017, serão reajustados com o percentual de quatro vírgula cinquenta por cento (4,50%).